domingo, 21 de junho de 2015

DESEJO DE LÍRIO

Desejo de Lírio

Todos os dias esperei
Que jardins floridos 
De lírios primaveris
Florescessem e com os lírios aparecesse você. 
Todas as tardes sorria para desconhecidos desejando Te encontrar novamente.
Todas as noites estreladas de inverno eu me aproximei das estrelas, riscando suas posições para com esses mapas em linguagem cifradas delirantes te descobrisse aqui. 
Nas noites geladas em que o céu parecia querer tocar minha cabeça voce estava em cada estrela
Imaginei todas as manhãs 
Momentos que estaria ai teu lado
Aquele instante que veria você acordar 
E encheria meu mundo com o teu som. 
E com a luz antiga do desejo 
Mas só tem o silêncio 
Só tem olhares distantes. 
E não tem mais jardins. 


Nenhum comentário: