quinta-feira, 30 de abril de 2015

A IMAGEM DA FELICIDADE

Tecido de felicidade


Todas as pessoas que conhecemos, de uma forma ou de outra estão ligadas e se ligam a nos num tecido como na lineatura de um tecido, perfazendo o tecido social. Essas pessoas aproximam- nos  um pouco mais do próximo passo das nossas vidas. Elas desempenham um importante papel e nossa existência 
Assim, nada existe sem uma dose (rede) de contatos; é uma rede de contatos. Logo devemos nos misturar nesse tecido social para interagirmos.  Desta forma, os encontros, as  reações acontecerão com maior rapidez e sucesso. Nesses contatos e nessas redes sociais devemos levar a voz, a cor e a imagem do nosso povo (de onde viemos) para todos que genuinamente se aproximarem da arte, possam se beneficiar e evoluir. Logo, cada saber, deve servir para que aumente a nossa felicidade e a felicidade do mundo. Nessas redes algumas pessoas podem se encontrar momentaneamente mais longe fisicamente de suas casas, de seus países, de seu local de origem. Admitindo que saíram em busca da felicidade. Se construíram um novo lar, que seja permitido a elas a felicidade nesse novo lugar. Mas se desejarem voltar que possam voltar para a construção desse local de origem. E é nisso que consiste ser cidadão do mundo. Nunca devemos negligenciar o aprendizado pois para termos 
sucesso devemos partir com as "malas cheias". Cheias de vontade de aprender, cheias de ensinamentos e técnicas para doar-ensinar e transmitir para quem quiser e se aproximar e assim contribuir para a evolução humana. 




Nenhum comentário: