domingo, 7 de dezembro de 2014

THE LAYERS OF HAROLD HOLLINGSWORTH

Harold Hollingsworth nasceu no estado do Missouri/USA em 1965 e vive e trabalha em Seattle/Washington. 

As pinturas de Harold Hollingsworth são caracterizadas por gráficos coloridos, pela jovialidade rítmica e lúdica e pelo rigor da forma. O artista credita à cultura popular: a música, a media, a arte e a arquitetura forte influência sobre suas obra. No passado ele usava imagens familiares tais como bolas de críquete, fontes vintages modernas e números sobrepostos a formas naturais e cotidianas. 
Todavia trabalhos mais recentes mostram uma relação mais sutil com a cultura pop, embora ele afirme que sua arte seja uma maneira de responder e contribuir para a cultura do hoje do agora. 
Presentemente sua fome pela festa visual que é a cultura contemporânea ele tem se servido de flyers, velhos cartazes de propaganda em muros, prédios, construções e pinturas envelhecidas e em restos de antigos movimentos artísticos do passado. Tudo isso constitui material para suas obras. 
Seu trabalho reflete o modo como a nossa cultura está estruturada em "camadas" de diferentes "idades" ou "épocas", que juntas constituem nosso modo de ver e de agir no mundo. Em certo aspecto sua produção leva em conta o que eu tenho timidamente tentado em minhas obras em que faço uma reflexão sobre os sentimentos e sobre o conhecimento humano. 
Em suas obras Hollingsworth serve-se das texturas que ele vê no mundo material e mistura tudo isso à história e a imaginação conferindo um novo sentido estético. 
Hollingsworth não tem somente a minha idade mas também trabalha com camadas sobrepostas para, com isso questionar sua própria existência no mundo. Todo homem tem camadas; todo homem é feito de camadas. Camadas de história, desejos, sonhos, fracassos e falhas, contudo podemos trancender essas camadas pensando-as como uma unidade em si e assim, em esse novo olhar nos oferece algo de estético e que possibilita nossa interpretação do sentido. Essa fundação do sentido entre sujeitos possibilita o conhecimento que a obra porta. É esse o significado do mundo visto nas obras de Hollingsworth "somos compostos de estratos, camadas que trazem em si o tempo a cultura e sua dissolução no vazio. Mas um vazio estético e epistemologicamente pleno. 

Por: Antonio Carlos Paim MSc, MSc


Harold Hollingsworth
Harold Hollingsworth

Some Works of Harold Hollingsworth































Bibliografia 









Nenhum comentário: